A Tribuna News

Ocorreu um erro ao tentar exibir a apresentação multimida.
19/06/2012 13h26 - Atualizado em 19/06/2012 13h26

Mãe britânica mata dois filhos e passa a noite na cama com eles

Lianne Smith confessou ter asfixiados filhos de 11 meses e 5 anos em 2010.

 

A britânica Lianne Smith confessou, nesta segunda-feira (18) ter asfixiados seus filhos de 11 meses e 5 anos na Espanha em 2010, por medo de que eles fossem levados pela assistência tutelar, segundo o "The Mirror". Uma das filhas de Lianne havia acusado o companheiro da mãe de abuso sexual e foi recolhida pela assistência.

Ela enfrenta o segundo dia de julgamento na Espanha nesta terça-feira (19).

A polícia relatou que a mãe matou os dois filhos com o mesmo saco plástico em hotel de Costa Brava em maio de 2010, dormiu na cama com eles e chamou uma ambulância no dia seguinte. "Eu deitei na cama com eles e dei um abraço e falei com eles", disse ela à polícia quando foi encontrada no quarto do hotel.

A britânica Lianne Smith chega ao julgamento na Espanha <i>Foto: Reprodução</i> A britânica Lianne Smith chega ao julgamento na Espanha Foto: Reprodução

Durante o julgamento, ela disse que matou as crianças porque tinha medo de que elas fossem levadas pela assistência tutelar após seu companheiro, Martin Smith, com quem não era casada mas teve dois filhos, ser preso por abusar de menores de idade ainda em maio de 2010. A acusação partiu de uma filha de um casamento anterior de Lianne, que foi acolhida pela assistência tutelar, de acordo com a publicação.

Lianne contou que foi para a Espanha logo depois com os dois filhos do relacionamento com Smith e que disse a eles que estavam de férias por três dias. Eles foram para o hotel onde, após os três dias, ela os matou. Ela disse também que tentou se matar durante a noite, mas não conseguiu. "Eu dei a eles uma viagem de três dias, uma viagem perfeita, porque eu sabia que era o fim", disse ela, que, segundo o juíz, deve receber uma pena de 38 anos de prisão, relata o Mirror.

Martin Smith pegou 16 anos de prisão em 2011 e se enforcou em janeiro deste ano e não está claro se ele abusou dos filhos que teve com Lianne. A filha de Lianne que foi abusada agora é uma enfermeira e vive em anonimato, conforme a publicação.

Fonte: G1

Bimboo

Editorias

Brasil&Mundo
Cidades
Política
Polícia&Transito
Economia
Vida&Saúde

Repórter News
Colunistas
Variedades
Artigos
Fotos&Eventos
Especiais

Colunistas

Cassilândia em Destaque
Diário de Férias
Gente de Expressão
Giro Social
Qualidade de Vida

Variedades

Cultura
Curiosidades
Histórias que ensinam
Forno & Fogão
TV&Fofocas

Especiais

Agropecuária
Esportes
TV A Tribuna News
Rádio A Tribuna News
Concurso & Empregos
Estado

 
 

Copyright 2011 © A TribunaNews - Todos os direitos reservados.

Os textos aqui publicados são livres para utilização, desde que citada a fonte.

As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.


Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet