Prefeitura e Câmara vão integrar sistemas para agilizar respostas a indicações

15/07/2017 08h20
CG Noticias CG Noticias

CAMPO GRANDE/MS - Com objetivo de oferecer serviços com mais qualidade e celeridade, a Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), se reuniu na última quinta-feira (13) com a Câmara Municipal e com a Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais (Segov) para fazer os últimos ajustes no projeto de integração de dois sistemas.

Na ocasião, os participantes dialogaram sobre a unificação do Sistema de Gerenciamento Legislativo (SGL), que já é utilizado pelos vereadores para registro das indicações, com o Sistema Fala Campo Grande, desenvolvido pela Agetec. A integração tem o objetivo de dar celeridade às solicitações feitas pelos vereadores à Prefeitura, trazendo economia, gestão e transparência.

Atualmente, as indicações feitas pelos vereadores são encaminhadas para a Prefeitura de modo manual através das papeletas. "Só esse ano, cerca de 20 mil indicações já foram feitas, o que gera um volume muito grande. Isso faz com que a demora aumente, uma vez que quem recebe os pedidos, precisa ler, digitalizar e encaminhar para a secretaria responsável", explica a Chefe da Assessora Técnica da Segov, Angela Aparecida Ferreira.

"A integração dos sistemas vai gerar ganhos para todos. Haverá celeridade na tramitação dos pedidos, pois serão feitos online, ganho financeiro, uma vez que não haverá uso de papel e nem de pessoal para transportar e montar manualmente os processos, e claro, a agilidade da notificação e resposta dos pedidos", observa Angela.

Para o Diretor de Desenvolvimento e Gestão de Sistemas da Agetec, Daniel Eduardo Funabash de Toledo, haverá um avanço para a cidade. "A parceira das áreas de Tecnologia da Informação da Prefeitura com a Câmara de Vereadores, surge para trazer benefícios à população. E o sucesso do projeto se dá pela cooperação de todos os envolvidos para que os sistemas sejam integrados o mais rápido possível", frisa Daniel.

CG Notícias

 

Envie seu Comentário