Recuperação de rodovia garante segurança e escoamento da produção

12/10/2017 12h16
A obra já está em execução e irá contemplar um trecho de 60 km de Santa Rita do Pardo a Bataguassu proporcionando maior segurança às famílias que transitam pela região. Fotos: Chico Ribeiro A obra já está em execução e irá contemplar um trecho de 60 km de Santa Rita do Pardo a Bataguassu proporcionando maior segurança às famílias que transitam pela região. Fotos: Chico Ribeiro

Investimentos em obras estruturantes têm sido feitos pelo Governo do Estado para desenvolver Santa Rita do Pardo, município distante 244 quilômetros de Campo Grande. Pela primeira vez, desde que foi construída, a MS-338 terá revestimento para recuperação asfáltica.

Imprescindível para o escoamento da produção, na rota dos caminhões de eucalipto para produção da celulose, a rodovia está recebendo uma camada de concreto usinado quente, revestimento utilizado nas estradas brasileiras para corrigir falhas e melhorar as condições de tráfego.

A obra já está em execução e irá contemplar um trecho de 60 quilômetros de Santa Rita do Pardo a Bataguassu e irá proporcionar maior segurança às famílias que transitam pela região. Trata-se ainda de importante via de acesso a Campo Grande.

Com 7732 habitantes, segundo estimativa do IBGE, o município recebeu também investimentos na área de saneamento, com ampliação da rede de esgoto e do sistema de abastecimento de água, com recursos do Estado e do Governo Federal.

No município, pequenos produtores foram beneficiados pelo Estado com a concessão dos títulos de posse definitivos dos lotes de assentamentos, após décadas de espera, realizando o sonho de serem os donos da terra que cultivam. A regularização contemplou as 47 famílias que vivem no assentamento que leva o nome do município há 26 anos, desde que a área foi destinada à agricultura familiar.

Danúbia Burema – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Envie seu Comentário