Registrado aumento de 71% nos focos de calor em MS em relação a 2016

15/07/2017 08h00
Números são referentes aos primeiros treze dias do mês de julho . Divulgação Números são referentes aos primeiros treze dias do mês de julho . Divulgação

Os primeiros treze dias de julho apresentaram aumento de 71% nos focos de calor em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Do primeiro dia do mês até ontem (13.07), foram registrados 358 focos de calor em todo o Estado. A maior parte deles no município de Corumbá. Em 2016, nesse mesmo período, foram somente 209 focos.

O monitoramento considera somente os dados registrados pelo satélite Aqua – referência em incêndios florestais. Na contagem, são considerados todos os pontos com temperatura acima de 47º Celsius.

As informações auxiliam o Corpo de Bombeiros em ações preventivas caso os focos de calor se transformam em incêndios florestais. O monitoramento tem atualização diária e está disponível no site do Inpe, pelo link.

Danúbia Burema – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Envie seu Comentário