A base da sustentação

12/10/2018 11h07 - Por: Dirce Ruiz Braz
Imagem Pixabay Imagem Pixabay

A criança com seu sorriso fácil traz alegria no coração da gente. Todos nós deveríamos, também, ter no coração a espontaneidade de uma criança. O lado da inocência, da diversão, do carisma, da simpatia. O lar é o esteio, o aconchego, o aprendizado de valor inestimável por onde ela irá trilhar, moldar o sentimento. O lar é a base, o alicerce, se ele tiver sustentação jamais irá desmoronar-se. É lastimável observar, muitas das vezes, a falta de respeito de muitas crianças com seus pais, avós... A lição a aprender é o respeito, a religiosidade, a interação entre pais e filhos. Nunca diga que não tem tempo. O tempo a gente faz, estabelece. Alguns minutos servem para uma vida inteira.

"O que é aprendido jamais será esquecido, mas sempre será revertido em um bem maior."

"No regaço da criança, tudo são flores, senão forem bem cuidadas, um dia, podem se transformar em espinhos dolorosos."

"Uma mãe carrega um filho no ventre, depois, o carrega pelas mãos e pelo coração."

"A criança é como uma planta, precisa do adubo do amor, da palavra esclarecedora, da água da paciência e os cuidados para poder crescer, florescer e produzir bons frutos."

Deus abençoe todas as crianças! No amanhã serão responsáveis por grandes mudanças. Esperamos em Deus que, sejam para melhorar a humanidade num todo.

Parabéns a todas com afeto!

Presidente da Abrapec, jornalista e escritora Dirce Ruiz Braz

 

Envie seu Comentário