A beleza da alma

29/10/2018 07h32 - Por: Dirce Ruiz Braz
Imagem Pixabay Imagem Pixabay

A beleza sempre foi muito difundida na humanidade. O padrão de beleza! Traços perfeitos que levam a admiração. Corpo escultural. Rosto exótico. Isso é importante e mostra que somos vaidosos e gostamos de cuidar da nossa aparência. Lembro de minha querida mãe que, não saia de casa sem passar um pó no rosto, seu perfume preferido e o batom. A pessoa se olha no espelho e diz: Estou bonita! Isso também é amar-se! Ninguém nasceu desprovido de beleza, sempre haverá do que admirar-se.

Coisa maravilhosa é observar-se também a beleza da alma. Quando se faz uma oração fervorosa para si mesma, para si mesmo, sua família, pelos sofredores e também pela humanidade. Somos um corpo só: Trabalhamos, lutamos, muitas vezes a saúde debilitada e necessitando de cuidados. Sorrimos de muitas coisas, às vezes apreensivas por diversos fatores... Assim caminhamos...

Vivamos um dia de cada vez. Creiamos que o amanhã nos parecerá menos nebuloso e o Céu mais limpo. Tudo está nas mãos do Pai – Deus! Muita gente acha que Ele está distante e alheio ao que se passa no mundo e ao nosso redor, mas não está. Acontece mudanças no limiar de cada dia porque nossos espíritos ainda não estão preparados, reclamamos demais, apontamos defeitos aqui e ali, e todos os seres, indistintamente, têm defeitos e qualidades. Quando se dá mais ênfase aos defeitos, as qualidades não são reparadas.

Procuremos olhar o próximo por um novo prisma – O do Amor! Maldade existe, existe! No momento em que a pessoa se regenerar no coração deixará de ser má. O caminho será longo para milhares de pessoas e para outros tantos milhares, o caminho vai se tornando menos pedregoso.

Deus está no comando!

Façamos a nossa parte. Sempre!

Presidente da Abrapec, jornalista e escritora Dirce Ruiz Braz

 

Envie seu Comentário