A Tribuna News

Ocorreu um erro ao tentar exibir a apresentação multimida.
16/05/2016 17h42

Pretende abrir sua empesa? Leia isto

Atualmente, de cada dez pessoas na fase adulta, quatro – 39,3% - possuem ou pretendem abrir empresa em breve

Samuel Magalhães

 
 

Uma pesquisa divulgada realizada recentemente pelo GEM - Global Entrepreunership Monitor - revelou que estamos empreendendo cada vez mais. Atualmente, de cada dez pessoas na fase adulta, quatro – 39,3% - possuem ou pretendem abrir empresa em breve. Esse dado é o maior dos últimos doze anos e quase o dobro do que tínhamos em 2002 – 20,9%.

No entanto, nem tudo são flores! Do total de empreendedores, 44% empreendeu por necessidade. Ou seja, quase a metade dos empresários brasileiros abriu sua empresa não por vontade própria, por ter enxergado novas oportunidades, ou algo assim. Essa imensidão de gente resolveu abrir o negócio próprio simplesmente por falta de opção!

Empreender, em qualquer circunstância, não é fácil!"

— Samuel Magalhães

Trabalhadores que perderam seus empregos com a crise, outros que já estavam desempregados e não conseguiram se recolocar no mercado, além daqueles que estão iniciando a vida profissional e não conseguem oportunidades no atual cenário compõem esse mar de empreendedores.

Empreender, em qualquer circunstância, não é fácil! Quando se empreende por obrigação, as coisas tendem a se tornar ainda mais difíceis, portanto, é preciso tomar muito cuidado na hora de abrir a sua empresa.

Uma empresa é como um filho: requer planejamento, preparo e dedicação dos pais. Infelizmente, a maioria das pessoas deixam de observar esses aspectos, achando que depois tudo se resolve. Mas será que se resolve?

Segundo dados do IBGE, atualmente, metade das empresas sobrevivem após o quarto ano de vida. Você consegue perceber a magnitude desses números? Após apenas quatro anos, de cada 100 empresas que abriram as portas mais de 50 – 52,5% - estarão de portas fechadas... definitivamente.

Para fugir da perversa estatística, é necessário que se tome algumas providências. Estudar detalhadamente o seu ramo de atividade; conhecer bem o seu público-alvo; analisar a melhor localização para o seu ponto comercial – se for o caso de ter um ; definir as estratégias de marketing e vendas; e planejar as finanças da empresa.

Parece muita coisa? Pois tem bem mais! Aqui foi apenas uma pequena amostra do que devemos levar em consideração na hora de abrir uma empresa.

Não estou falando isso para te desestimular. Lido diariamente com empresários que possuem ou estão abrindo o seu negócio e espero que você também consiga, em breve. Entretanto, sinto-me na obrigação de te alertar dos riscos dessa empreitada. Não para que você fuja deles, mas para que você se prepare para abrir um negócio de sucesso e não tenha seu sonho de ter um negócio próprio transformado num pesadelo.

Empreender não é uma ciência exata! Por melhor que seja seu planejamento, por maior que seja seu preparo e dedicação, ainda assim pode ser que a coisa não dê certo. Mas, vá por mim, as chances de dar errado, nesse caso, são muito, muito menores. Então, já que se trata de probabilidades, melhor tê-las a nosso favor, não é verdade?

Fale com o autor: contato@samuelmagalhaes.com.br.

Samuel Magalhães é Coach especializado em Finanças e Negócios e fundador do Portal www.invistafacil.com.

Bimboo

Editorias

Brasil&Mundo
Cidades
Política
Polícia&Transito
Economia
Vida&Saúde

Repórter News
Colunistas
Variedades
Artigos
Fotos&Eventos
Especiais

Colunistas

Inspiração
Sacadas Rápidas
Qualidade de Vida

Variedades

Cultura
Curiosidades
Histórias que ensinam
Forno & Fogão

Especiais

Agropecuária
Esportes
TV A Tribuna News
Rádio A Tribuna News
Concurso & Empregos
Estado

 
 

Copyright 2011 © A TribunaNews - Todos os direitos reservados.

Os textos aqui publicados são livres para utilização, desde que citada a fonte.

As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.


Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet