A Tribuna News

Ocorreu um erro ao tentar exibir a apresentação multimida.
18/06/2015 08h55

Você sabe qual é o seu patrimônio?

Imagine que você é uma pessoa sedentária, se alimentava mal e tem uma série de hábitos perniciosos a sua saúde.

Samuel Magalhães

 
Samuel Magalhães Samuel Magalhães

Já diria o eterno guru da administração, Peter Drucker: “O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”. E ele estava corretíssimo. Se quisermos gerir qualquer aspecto da nossa vida, o primeiro passo é passarmos a mensurá-lo.

Imagine que você é uma pessoa sedentária, se alimentava mal e tem uma série de hábitos perniciosos a sua saúde. Disposto a ter uma vida mais saudável, você resolve mudar seus hábitos! Passa a fazer uma reeducação alimentar, tirando tudo que não presta da sua dieta e deixando somente alimentos saudáveis. Somando-se a isso, você dá início à prática regular de atividades físicas. Começa a caminhar, entra na academia, etc.

Agora me responda, qual será a melhor maneira de saber se seus novos hábitos estão mesmo surtindo efeito? Exatamente...subindo na balança! Evidentemente, a perda de peso não é o único e talvez nem o mais importante indicador de saúde de uma pessoa. O que quero dizer é que a balança irá te possibilitar mensurar o seu progresso. Dessa forma, você será capaz de fazer os ajustes necessários na sua alimentação e rotina de exercícios.

Mensurando seu patrimônio, você será capaz de gerenciar a sua evolução financeira."

— Samuel Magalhães

Com relação à nossa Vida Financeira acontece da mesma forma. A única maneira de sabermos se estamos progredindo ou não e se o progresso está conforme o esperado ou se poderia ser maior, é mensurando nossas finanças. Somente assim poderemos ter o controle efetivo de como está nossa situação atual, como estava nossa situação no passado e como queremos que ela esteja no futuro.

Para fazer essa mensuração, precisamos utilizar nossa “balança financeira”. Será ela que dirá qual nossa situação atual. Assim, poderemos comparar, no futuro, se realmente conseguimos evoluir financeiramente e se essa evolução foi mesmo dentro do esperado. A essa “balança” chamamos de Patrimônio.

Podemos dizer que o patrimônio está para as finanças como o peso está para a forma física. Só que, em geral, queremos diminuir nosso peso. Já com o patrimônio, queremos fazer justamente o oposto.

Para você descobrir qual o seu patrimônio atual, é bem simples. Basta você calcular o valor de todos os seus bens – carro, imóvel, poupança, aplicações financeiras- e subtrair todas as suas dívidas – financiamentos, empréstimos, etc. Após somar tudo que você tem e diminuir tudo o que você deve, o valor final será o seu patrimônio.

Agora que você já sabe que número é esse, cabe a você gerenciar a evolução dos seus ativos patrimoniais ao longo do tempo. Sugiro que o faça uma vez por ano e não esqueça de descontar a inflação do período, afinal, esse é um dinheiro que quer você queira ou não, acaba saindo do seu bolso.

Mensurando seu patrimônio, você será capaz de gerenciar a sua evolução financeira e fazer os ajustes necessários para que atinja seus objetivos!

O autor: Samuel Magalhães é Consultor Financeiro e Palestrante na área de Finanças Pessoais e Investimentos. Para conhecer melhor o trabalho do autor, tirar dúvidas, fazer críticas ou dar sugestões, envie um e-mail para: samuel@invistafacil.com ou acesse: INVISTA FÁCIL . Sua participação é fundamental!

Seja o primeiro a comentar!

Envie seu Comentário!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 
Bimboo

Editorias

Brasil&Mundo
Cidades
Política
Polícia&Transito
Economia
Vida&Saúde

Repórter News
Colunistas
Variedades
Artigos
Fotos&Eventos
Especiais

Colunistas

Inspiração
Sacadas Rápidas
Qualidade de Vida

Variedades

Cultura
Curiosidades
Histórias que ensinam
Forno & Fogão

Especiais

Agropecuária
Esportes
TV A Tribuna News
Rádio A Tribuna News
Concurso & Empregos
Estado

 
 

Copyright 2011 © A TribunaNews - Todos os direitos reservados.

Os textos aqui publicados são livres para utilização, desde que citada a fonte.

As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.


Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet