Manutenção do Parque das Nações será feita com veículo elétrico

21/06/2018 14h57
Fotos: Chico Ribeiro Fotos: Chico Ribeiro

O Parque das Nações Indígenas recebeu um carro utilitário elétrico e uma garagem fotovoltaica. A entrega das chaves aconteceu nesta quarta-feira (20.6) ao governador Reinaldo Azambuja, que experimentou o veículo, cedido pela Brave-Brasil.

Com autonomia de 100 quilômetros e capacidade de até 400 quilos de carga, o carro multifuncional será usado na manutenção e monitoramento de um dos cartões postais da Capital.

O veículo foi cedido ao Estado e a garagem doada pela empresa, que pretende instalar uma montadora em Mato Grosso do Sul. Da energia obtida pelas placas fotovoltaicas da garagem, de 20% a 30% será usada para abastecer o utilitário. O excedente de energia será usado nos prédios do parque.

Para o governador a principal vantagem é a sustentabilidade. "Você tem aqui essa garagem que gera a energia, abastece o carro e o excedente vai para os prédios ao lado. Então, você economiza a energia, o combustível. O veículo não polui", disse.

"Esse utilitário economiza oito vezes em relação a um carro a gasolina", acrescentou o representante da empresa, Humberto Silva.

Sobre a implantação da montadora em Mato Grosso do Sul, Humberto Silva explicou que a empresa quer aproveitar as oportunidades oferecidas pelo Estado, a Rota Bioceânica e o Porto Seco. Em um primeiro momento, a empresa irá atender hotéis, resorts, pequenos e médios municípios e regiões agrícolas.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, acredita que a montadora poderá ser instalada em Mato Grosso do Sul nos próximos meses.

Também participaram da agenda o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sergio Longen, e o deputado estadual, Paulo Corrêa.

Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Envie seu Comentário