20/03/2017 11h42

Instituto Federal vai inaugurar 4 campi em Mato Grosso do Sul

Atualmente, o instituto conta com 10 campi

 
Foto: Chico Ribeiro Foto: Chico Ribeiro

Com apoio do Governo do Estado, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) vai inaugurar quatro campi em 2017. As unidades ficam nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Dourados e Jardim. Na semana passada o governador Reinaldo Azambuja e o reitor da instituição de ensino superior, Luiz Simão Staszczak, se reuniram na governadoria para tratar de assuntos relacionados ao Instituto.

"Assumi a gestão do IFMS em 2016 com a missão de retomar e concluir as obras do campus Campo Grande, campus Dourados, campus Jardim e campus Corumbá", contou o reitor. Segundo ele, as obras nas unidades de ensino já foram executadas e as datas de inauguração devem ser aprovadas pela União. Mas as entregas devem ser feitas nos meses de abril e maio em Dourados e Jardim, e até dezembro em Corumbá. "Em Campo grande buscamos data próxima ao aniversario da cidade, em agosto", completou.

A implantação do IFMS nas cidades do Estado teve início em 2008, há nove anos. Em todo esse período de funcionamento, o Governo do Estado tem atuado como parceiro, principalmente na cedência de espaços (salas em escolas estaduais) para realização dos cursos de educação profissional nas localidades onde o IFMS não tem sede própria; e na realização da Semana da Ciência e Tecnologia, por meio da Fundect.

Atualmente, o instituto conta com 10 campi (Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas), além de polos de educação à distância em 23 municípios, 688 servidores e cerca de oito mil estudantes. "São cerca de oito mil alunos em todo o IFMS", revelou Staszczak.

Campus Nova Andradina

Durante audiência com o reitor Luiz Simão Staszczak, o governador Reinaldo reforçou seu compromisso em pavimentar 22,7 quilômetros da rodovia MS-473, que liga Nova Andradina a Fazenda Santa Bárbara, local onde está instalado o campus do IFMS na cidade. As tratativas iniciaram ano passado. Após readequações de projetos, a abertura de licitação para seleção de empresa que vai executar a obra deve sair nos próximos meses. A estimativa é que o asfalto chegue ao local ainda em 2017.

"Nos próximos meses teremos licitação que vai definir os prazos a serem vencidos", pontuou o reitor após reunião com Reinaldo.

Bruno Chaves – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)