Bonito sediará Congresso Internacional de Engenharia, inédito no Brasil

02/11/2018 11h46
Foto: Ministério do Turismo Foto: Ministério do Turismo

O município de Bonito, distante a 270 quilômetros de Campo Grande, vai sediar em 2020 o Congresso Internacional de Engenharia, evento realizado pela primeira vez no Brasil e na América Latina. O impacto econômico no município deve chegar a R$ 2 milhões.

Realizado anualmente desde 2006, o Congresso, que ainda não possui programação confirmada, será pela primeira vez realizado na América Latina. A conferência na cidade de Bonito vai movimentar em torno de R$ 2 milhões, contribuindo para economia local, conforme pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e encomendada pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

De acordo com a Embratur o turista de eventos gasta, em média, U$ 329,39 durante cerca de de sete dias em que permanece nos locais em que viajam para participar de eventos. O Instituto, que investe no Programa de Apoio à Captação e Promoção de Eventos Internacionais, tem ajudado a tornar o Brasil um dos destinos mais procurados para receber grandes encontros.

Congresso

O evento trata sobre gerenciamento de ativos e leva para as cidades por onde passa diversos estudos acadêmicos sobre tendências e novas tecnologias da pasta. Tendo como público alvo engenheiros, pesquisadores, professores e estudantes, o encontro deve reunir aproximadamente 200 participantes.

A intenção principal é reunir a classe acadêmica, profissionais e cientistas de todo mundo, promovendo a pesquisa, fortalecendo o vínculo entre pesquisadores acadêmicos e profissionais da indústria no campo, além de expor os sistemas e tecnologia de ponta da Engenharia.

Brasil

O Brasil se manteve na primeira colocação entre os países da América Latina que mais receberam eventos em 2017, de acordo com os critérios da ICCA (sigla em inglês para Associação Internacional de Congressos e Convenções), responsável pelo banco de dados do segmento turístico de Negócios e Eventos.

Atualmente, o País está entre os 20 que mais sediam eventos internacionais no mundo. O ranking global tem na liderança os Estados Unidos com 941 eventos, seguido pela Alemanha com 682 e o Reino Unido com 592. O Brasil aparece na 16ª posição com 237 eventos.

Luciana Brazil – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Envie seu Comentário