A Tribuna News

Ocorreu um erro ao tentar exibir a apresentação multimida.
17/02/2017 10h56

Postura adequada em veículos proporciona segurança e bem-estar aos condutores

No trânsito, a inclinação do banco, a distância do assento e a altura do volante são os principais fatores que favorecem o surgimento das dores

 

Ultimamente é cada vez mais comum encontrar pessoas sentindo dores pelo corpo, como por exemplo: incômodo na base do pescoço, cansaço nas pernas e braços, dor nas costas, entre outras fadigas musculares.

Mas engana-se quem pensa que essas dores são exclusivas daqueles que fazem uso excessivo do computador. A qualidade da nossa saúde também pode ser afetada quando dirigimos com postura incorreta durante um período contínuo.

No trânsito, a inclinação do banco, a distância do assento e a altura do volante são os principais fatores que favorecem o surgimento das dores. Pensando no bem-estar de todos os condutores, o Detran-MS listou algumas orientações para que a postura esteja adequada ao veículo.

AUTOMÓVEIS

– A elevação do banco deve ser proporcional à altura do condutor para que a visibilidade e os movimentos não fiquem comprometidos. Além disso, as costas do condutor precisam estar encostadas no assento de maneira que forme um ângulo reto, dando apoio total à coluna e mantendo-a relaxada;

– O encosto de cabeça deve ser ajustado de acordo com a altura do motorista, de preferência em posição reta e na altura dos olhos, pois ele evita possíveis lesões na coluna em caso de colisão;

– O cinto de segurança deve ser colocado de forma que passe pelo ombro e atravesse o peito sem tocar no pescoço – assim evita-se enforcamento e fraturas caso haja um acidente. Com esse acessório de segurança, o corpo deve ficar apoiado e preso ao banco de forma justa. Também é importante verificar se todos os passageiros estão com os cintos afivelados;

– Ao segurar o volante, os braços devem ficar ligeiramente flexionados e na altura dos punhos para evitar tensões na musculatura do pescoço e lesões em caso de colisões. As duas mãos devem estar firmes ao volante, mantendo as costas apoiadas no banco, e na posição de 10 horas e 10 minutos – imaginando que o volante é um relógio;

– As pernas devem estar de tal forma que alcance os pedais, porém, não devem estar nem esticadas e nem flexionadas demais. As coxas devem ficar encostadas no assento e a parte posterior dos joelhos deve estar livre;

– Os calcanhares devem estar sempre apoiados no chão do veículo e o pé esquerdo deve chegar até o fim do pedal de embreagem sem esforço;

MOTOCICLETAS

– As costas devem ficar em posição reta. O condutor jamais deve ficar com a cabeça próxima do guidão e com as costas arqueadas;

– A cabeça deve ser mantida alta em posição vertical e com os ombros relaxados;

– Os braços devem ficar relaxados, com os cotovelos apontados para baixo. As mãos devem pegar no centro das manoplas e os punhos devem ficar mais baixos do que as mãos;

– Os joelhos devem ficar encostados no tanque de combustível. Os pés devem ficar paralelos ao solo, com o salto do sapato encaixado nas pedaleiras e a ponta do pé direito sobre o pedal do freio e câmbio;

– O quadril também deve ficar junto ao tanque, em posição que permita virar o guidão sem esforço no ombro.

BICICLETAS

– A altura do banco deve ficar um pouco abaixo da cintura. Além disso, o assento deve sempre estar apertado e em linha reta;

– Ao pedalar, as pernas não podem ficar muito esticadas, nem muito flexionadas. Para movimentar o pedal deve utilizar a região do metatarso, que fica entre a metade e a ponta do pé;

– O tronco também não pode estar totalmente ereto e nem muito curvado.

PASSAGEIROS DE ÔNIBUS

– Se o transporte coletivo estiver lotado e sem assentos disponíveis é importante que o passageiro segure a barra deixando o braço alinhado com ombro para evitar que o corpo fique torto.

Portanto é de extrema importância que a direção seja combinada com a postura correta para proporcionar conforto, benefícios a saúde e principalmente segurança ao condutor, pois desta forma ele estará mais atento e pronto para resolver qualquer situação adversa do trânsito.

Ana Letícia Gaúna – Detran MS.

Bimboo

Editorias

Brasil&Mundo
Cidades
Política
Polícia&Transito
Economia
Vida&Saúde

Repórter News
Colunistas
Variedades
Artigos
Fotos&Eventos
Especiais

Colunistas

Inspiração
Sacadas Rápidas
Qualidade de Vida

Variedades

Cultura
Curiosidades
Histórias que ensinam
Forno & Fogão

Especiais

Agropecuária
Esportes
TV A Tribuna News
Rádio A Tribuna News
Concurso & Empregos
Estado

 
 

Copyright 2011 © A TribunaNews - Todos os direitos reservados.

Os textos aqui publicados são livres para utilização, desde que citada a fonte.

As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.


Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet