Governador apresenta novos nomes da Secretaria de Segurança Pública

08/01/2019 23h40
Foto: Chico Ribeiro Foto: Chico Ribeiro

O governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, apresentaram nesta terça-feira (8.01), durante encontro realizado na Governadoria, algumas mudanças que serão feitas na Secretaria.

Entre elas está a substituição do secretário-adjunto, cargo que é ocupado atualmente pelo coronel Esli Ricardo de Lima, que passará a atuar como assessor parlamentar desempenhando o papel de interlocutor junto ao Ministério de Justiça e Segurança Pública. Quem assume é o coronel Ary Carlos Barbosa, que já ocupou as funções de chefe de gabinete da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), superintendente de Segurança Pública, diretor do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), entre outras funções.

A Superintendência de Segurança Pública passará a ser coordenada pelo atual diretor do DOF, coronel Kleber Haddad Lane. Já o novo dirigente do Departamento, conforme o secretário Antonio Carlos Videira, é o tenente-coronel Marcos Paulo Gimenez, que hoje desempenha a função de comandante do Centro de Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar (CFAP) e também foi comandante do Batalhão de Choque (BpChoque).

Além dessas mudanças, o governador Reinaldo Azambuja declarou que poderá haver outras mudanças como o pagamento da hora extraordinária para o policial. "Essa medida tem o objetivo de aumentar o efetivo em 30%. Isso significa que na hora de folga do policial ele pode continuar desempenhando sua função", anunciou. O projeto deve ser encaminhado para a Assembleia logo após o encerramento do recesso parlamentar.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

 

Envie seu Comentário