Dia 'D' de Combate ao Aedes teve ações com distribuição de material educativo

01/12/2018 06h25
Assessoria de Imprensa Assessoria de Imprensa

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio dos diversos setores da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, marcou o encerramento da Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti, com várias ações, que culminaram na Praça Senador Ramez Tebet, no período da manhã de sexta-feira (30).

A referida campanha foi promovida pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Controle da Dengue, com ações específicas em todos os municípios do Brasil, no período de 25 a 30 de novembro.

Em Três Lagoas, a equipe dos diversos Setores da Vigilância em Saúde e Saneamento teve participação em várias ações, entre elas a "mobilização em escolas, como, por exemplo, Escolas Estaduais Dom Aquino Corrêa e Afonso Pena, onde tivemos o envolvimento da direção escolar, dos professores e professoras e, principalmente, dos alunos, na mesma luta contra o Aedes aegypti", ressaltou o coordenador de Promoção da Saúde, Waldir José de Souza.

Outras Escolas Estaduais, como Escola Bom Jesus e Escola João Ponce de Arruda, "já manifestaram também interesse em participar dessa mobilização de enfrentamento à dengue e outras doenças, que é responsabilidade de todos nós, como moradores desta Cidade e principalmente, como cidadãos", completou Waldir.

A mobilização na Praça Senador Ramez Tebet, onde foi montada tenda de atendimento à população, também foi prestigiada com a visita do prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, acompanhado de sua esposa, Leide Daiane, que parabenizou "o trabalho de todos, que se envolvem na mesma luta de enfrentamento ao mosquito para melhoria da qualidade de vida de todos nós’, disse.

Os Agentes de Endemias abordaram e distribuíram à população, panfletos educativos sobre dengue, prevenção e conhecimento para identificação do Aedes. A distribuição aconteceu no semáforo do cruzamento da Avenida Antônio Trajano com a Rua Paranaíba, nas imediações do Relógio Central, e pelas calçadas das ruas do centro.

CASOS DE DENGUE

Em Três Lagoas, como informou o coordenador de Endemias e Controle de Vetores, Alcides Divino Ferreira, que também participou da mobilização, o mais recente Boletim Epidemiológico informa que, no acumulado de 2018, são 1.598 casos já notificados suspeitos de Dengue.

Desse total, 344 já foram confirmados como positivos e 876 obtiveram resultado negativo, portanto, foram descartados. "O restante, ou seja, 438 casos ainda aguardam resultado de exames laboratoriais", completou Alcides.

"Ações como estas, assim como toda a mobilização de educação e orientação , são importantes para mostrar que nossa luta contra o Aedes aegypti terá mais resultados positivos, se houver a participação de todos, ou seja, das autoridades da Saúde e também de toda a população", comentou Alcides.

"Precisamos todos estar atentos e não descuidarmos da limpeza de nossos quintais e das nossas casas para eliminarmos tudo o que possa ser favorável a juntar água e tornar-se criadouro de mosquitos", orientou.

Assessoria de Imprensa

 

Envie seu Comentário