17/04/2017 11h56

TMostra gratuita 'Sci-Fi' apresenta visões menos otimistas sobre o futuro

A Mostra Sci-Fi traz uma seleção especial de filmes que exemplificam a grande variedade de temáticas que o gênero proporciona.

 
Fotos: Divulgação Fotos: Divulgação

Com o sucesso da primeira mostra, realizada em 2016, o gênero de ficção científica ganha entre os dias 17 e 20 de abril no Museu da Imagem e do Som (MIS) – unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul – uma nova oportunidade de encantar o público com exibições gratuitas, sempre às 19h.

A Mostra Sci-Fi traz uma seleção especial de filmes que exemplificam a grande variedade de temáticas que o gênero proporciona. A curadoria fica a cargo de Daniel Rockenbach, responsável pelo blog Sentinela Positrônica e Pietro Luigi, proprietário da SubCultura Records e curador de outras mostras do MIS. Conta com o apoio da Editora Aleph.

"Com o bom resultado da primeira mostra pensamos desta vez em quatro filmes que apresentam um lado menos otimista da ficção, produzidos nos anos 70 e 80, que trazem uma perspectiva de futuro distante das luzes e efeitos especiais esperados no gênero. Entre eles "O homem que caiu na Terra", dirigido por Nicolas Roeg em 1976, que mostra o grande David Bowie interpretando um alienígena que vem à Terra com boas intenções, mas que se deixa corromper ao conviver com humanos", explica Rockenbach.

Confira a seleção de filmes da Mostra Sci-Fi:

Dia 17 – A última esperança da Terra (1971) – Dirigido por Boris Sagal. O médico Robert Neville (Charlton Heston) luta para sobreviver após uma arma biológica ter transformado o que restou da humanidade em horrendas criaturas enquanto tenta pesquisar uma cura para doença que acabou com a sociedade como a conhecemos. O filme adapta o livro de Richard Matheson "Eu sou a lenda" e já ganhou outras versões em 1964, com Vincent Price e em 2007, com Will Smith.

***Dia 18 ***– Rollerball (1975) – Dirigido por Norman Jewinson. Em 2018 corporações tomaram conta do mundo. Todas as nações foram abolidas após a última grande guerra. Nesse futuro distópico as massas são entretidas pelo Rollerball, um esporte violento disputado numa arena entre duas equipes, cada uma representando uma corporação. Jonathan E. (James Caan) é a grande estrela do time da corporação de energia e o grande herói do público. Quando é convidado a se aposentar e as regras do Rollerball começam a ser alteradas, ele começa a se questionar sobre seu papel na sociedade jogo. É baseado no conto "Roller Ball Murder", de William Harrison, que também adaptou o roteiro do longa.

Dia 19 – Repo Man – A onda Punk (1984) – Dirigido por Alex Cox. O jovem Otto (Emilio Estevez) trabalha recuperando carros que não foram pagos até que um belo dia ele encontra o carro de um cientista louco que diz ter alienígenas escondidos no porta-malas. Falar mais do que isso é spoiler! O diretor Alex Cox também é famoso por Sid & Nancy e ainda conta com a música tema composta e executada por Iggy Pop.

Dia 20 – O Homem que caiu na Terra (1976) – Dirigido por Nicolas Roeg. Thomas Jerome Newton (David Bowie) é um alienígena que veio à Terra em busca de ajuda para o povo de seu planeta natal. Sua missão é conseguir meios de criar uma nave capaz de retornar ao seu planeta, oferecendo uma nova chance ao seu povo. No entanto Jerome vai se deixando corromper gradativamente enquanto convive com a humanidade. O filme é baseado no livro homônimo de Walter Tevis.

Serviço:

A Mostra Sci-Fi acontece no Museu da Imagem e do Som entre os dias 17 e 20 de abril (segunda a quinta-feira), às 19h, com entrada franca. O MIS está localizado no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, 3º andar, Centro.

Marcio Breda – Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS)