Saiba como usar o óleo de rícino para manter a pele e os cabelos saudáveis

13/03/2018 10h50
Divulgação/Assessoria Divulgação/Assessoria

Extraído das sementes de mamona, uma planta bem comum no Brasil, o óleo de rícino é um ativo cada vez mais presente na rotina de beleza de mulheres e homens. Com propriedades emolientes, umectantes, antibacterianas, analgésicas, anti-inflamatórias e com um grande potencial hidratante, ele é bastante indicado para o uso nos cabelos e na pele.

Entenda para quais funções você pode utilizar o óleo de rícino e como aplicá-lo em sua rotina de cuidados diários.

Quais são os principais benefícios do óleo de rícino no cabelo?

Normalmente, o tratamento com óleo de rícino é feito nos cabelos com o intuito de hidratar os fios e cuidar do couro cabeludo.

Diariamente, o cabelo sofre com agressões externas, como a incidência de raios solares e a poluição, por isso, acaba perdendo nutrientes importantes, como os lipídios, que são a barreira de proteção natural da fibra capilar. Quando essa barreira fica comprometida, a fibra do cabelo perde água mais facilmente, resultando em fios ressecados e sem vida.

Rico em ácidos graxos, como os ômegas 6 e 9, o óleo de rícino ajuda a reconstruir a barreira protetora dos fios, formando uma película que impede a perda de água para o ambiente e, consequentemente, contribuindo com a hidratação das madeixas.

Outro benefício deste ativo é que, por ter ação antifúngica, ele ajuda a combater os casos de caspa causados por fungos presentes no couro cabeludo. Entretanto, é importante ter em mente que a caspa pode ser causada por outros fatores, por isso, é necessário consultar um dermatologista para realizar o tratamento correto.

O óleo de rícino contribui, ainda, para o crescimento saudável dos fios e a diminuição da queda por quebra. Por ter em sua composição o ácido ricinoleico, ele combate possíveis infecções do couro cabeludo e elimina fungos e bactérias que poderiam atrapalhar o crescimento do cabelo.

Como aplicar o óleo de rícino nos fios?

Há duas formas de utilizar o óleo de rícino nos cabelos: a umectação e a mistura do ativo com uma máscara de hidratação.

A umectação é, basicamente, um banho de óleo. Para fazê-la, aplique o óleo de rícino puro nos fios, antes de lavá-los, enluvando cada mecha. Depois, deixe agir por 30 minutos e retire completamente o produto durante o banho.

Para a mistura de óleo de rícino com a sua máscara hidratante, adicione uma colher de chá do óleo na medida da máscara hidratante a ser usada e misture bem. Depois, para aplicar nos fios, basta enluvar mecha a mecha com a mistura e deixar agir pelo tempo indicado na embalagem da máscara de hidratação. Depois, retire completamente, lavando os cabelos normalmente.

Quais são os usos do óleo de rícino para a pele?

Uma das principais inseguranças de aplicar óleo de rícino ou qualquer outro óleo de origem vegetal na pele é em relação à oleosidade que já é produzida pelo organismo, principalmente no rosto. Entretanto, ao contrário do que se possa pensar, esse ativo é muito benéfico, pois, além de nutrir e hidratar a pele, ele é pouco comedogênico, ou seja, não obstrui os poros, e possui um efeito adstringente, que reduz a proliferação de bactérias causadoras da acne.

O óleo de rícino também é bastante indicado para promover a renovação das células, evitando linhas de expressão e manchas diversas.

Desde que não haja exageros, a aplicação do óleo de rícino não aumenta a oleosidade natural, portanto, não há necessidade de se preocupar.

Como aplicar o óleo de rícino na pele?

Para inserir este ativo em sua rotina de tratamentos com a pele, você pode misturar uma colher de sopa a cada 200 ml de creme hidratante e utilizar a mistura normalmente no dia a dia.

Você também pode utilizar o óleo de rícino para retirar a maquiagem. Coloque algumas gotas na palma da mão e espalhe no rosto. Deixe agir por poucos minutos e, então, retire totalmente com um sabonete adequado para o seu rosto.

Não apenas o óleo de rícino, mas outros óleos de origem vegetal estão cada vez mais presentes nos tratamentos cosméticos. Todos possuem vários benefícios incríveis, mas é importante que você entenda a ação de cada um deles antes de inseri-los em sua rotina de cuidados. Dessa forma, você garante cabelos e pele sempre saudáveis e bonitos.

Assessoria de Imprensa

 

Envie seu Comentário