4 dicas de churrasco profissional para o seu restaurante

12/05/2019 12h14
Divulgação/Assessoria Divulgação/Assessoria

Seja em uma churrascaria, um self-service, um restaurante à la carte ou até mesmo uma padaria ou bar que sirvam refeições: quem gosta de uma boa carne sabe que aquele sabor de churrasco faz toda a diferença no prato! Mas qual é o grande segredo do famoso "gostinho de churrasco" que tanto agrada ao paladar do brasileiro?

As técnicas de churrasco profissional fazem toda a diferença no cardápio de um bom restaurante. Da escolha de uma boa churrasqueira ao corte correto da carne, diversos cuidados dão o toque especial aos pratos. Confira abaixo quatro dicas de churrasco profissional para aplicar em seu restaurante hoje mesmo!

1) Atenção à segurança alimentar

As carnes são alimentos altamente perecíveis, com alto risco de contaminação. Por isso, precisam receber cuidado redobrado na manipulação e preparo. O churrasqueiro deve lavar constantemente as mãos antes, durante e depois do preparo da carne, bem como ao manipular outros alimentos. Os utensílios que entrarão em contato com a carne devem ser higienizados preferencialmente com água quente e sabão neutro, bem como a superfície em que ela será manipulada (pia ou tábua). Os cabelos do churrasqueiro devem sempre estar presos e protegidos durante o preparo.

2) O corte certo

Cada carne requer uma técnica específica de corte, dependendo da direção e angulação de suas fibras, proporcionando um resultado de mais maciez e suculência. A presença de um churrasqueiro qualificado no restaurante é a aposta certeira para garantir bons resultados no prato da clientela - e, consequentemente, mais lucro para o estabelecimento.

3) Churrasqueira na temperatura ideal

Cada vez mais estabelecimentos têm adotado o uso da churrasqueira a gás em substituição aos equipamentos com carvão. Além das vantagens ambientais, com menos poluição e emissão de resíduos, as churrasqueiras a gás alcançam rapidamente a temperatura ideal, assando as carnes com uniformidade.

4) Cuidados com o uso do sal

Existem diversas indicações técnicas sobre o uso do sal na carne. De forma geral, o sal grosso combina com cortes de carne bovina, e o sal refinado com peças mais delicadas, como suínos e aves. E para não ressecar a carne e oferecer ao cliente um resultado abaixo do esperado, o sal deve ser aplicado apenas no momento de levar o corte à churrasqueira.

Assessoria de Comunicação

 

Envie seu Comentário