O Amor transformador

21/04/2019 12h54 - Por: Dirce Ruiz Braz
Pixabay Pixabay

Certa vez disse Albert Einstein: "Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor lembre-se: se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor com ele você conquistará o mundo."

O amor é assim: como o vento que sopra, que acaricia a alma de alguém, transmite paz ao coração e te eleva grandemente. O amor é um sentimento acolhedor, que muda o outro, muda a vida. É a flor que muda e transforma o beija-flor. Com que suavidade ele suga seu néctar e sacia a sua fome e faz com que suas pequeninas asas batam vertiginosamente. É a seiva que alimenta!

Ah! Se a maioria soubesse o grande significado do amor esse mundo seria bem melhor, transbordaria em um Oceano de dádivas, as pessoas viveriam sem apreensões, sem medo de sair às ruas. O amor é o remédio necessário do qual a humanidade carece.

Amar é soerguer um filho de Deus que sofre, é dar-lhe carinho, respeito, um abraço afetuoso. Essa é a verdadeira felicidade, disseminar o amor por onde fores. Façamos a parte que nos cabe e assim os passos sempre nos levarão para os melhores caminhos.

Carregue sempre no coração o olhar do amor. Vista-se dessa roupagem e ela jamais precisará de remendos e estará sempre nova.

Aqui falamos dos 17 anos de vida da Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer – ABRAPEC! O amor distribuído em suas unidades do Serviço Social. "O Amor que faz a diferença." E com a palavra, uma de nossas assistidas na Unidade de São Paulo/SP, Marilene, em entrevista ao Jornal do Brás: "Vim para cá chorosa, debilitada, não entendia o que era a doença." Ela disse que foi muito bem acolhida pela Abrapec. Marilene encontra na entidade, carinho e atenção. "A própria família se afasta um pouco, não suporta isso. Os funcionários daqui sabem como lidar, qual a palavra certa, que entra no nosso coração. É uma transformação na sua vida e você tem que aprender a lidar com isso, a ter coragem, a superar os momentos difíceis, e a ter otimismo em saber que amanhã será melhor. Considero a Abrapec minha segunda casa."

Assim, elevar o ser é distribuir bondade, é sensibilizar o coração com a dor do outro. São elos agregadores de mudanças para que o mundo seja um lugar melhor para todos.

Parabéns Abrapec!

17 anos de muita luta e dedicação

Jornalista e escritora Dirce Ruiz Braz, Diretora Presidente da Abrapec

 

Envie seu Comentário