Olhar de mãe

05/05/2019 11h30 - Dirce Ruiz Braz
Pixabay Pixabay

Mãe, palavra santa,

Brotando do coração,

É música que acalanta,

Na forma de uma canção.


As mães são como flores,

Conseguem se doar.

Na alma, às vezes, dores,

Porém, bondade no olhar.


Por um filho se desdobra,

Entre as lutas deste mundo.

Fibra por fibra, dobra

Num amor puro e profundo.


Mesmo quando a ingratidão,

Vez por outra, bate à porta.

Dobra o joelho em oração,

E a Deus ela se reporta.


Palavra mãe é melodia,

Para um filho que agradece,

Sua alma se irradia,

No compasso de uma prece.


Ter uma mãe é tesouro,

Guardado por uma luz.

É precioso ouro,

Do coração de Jesus!

Presidente da Abrapec, jornalista e escritora Dirce Ruiz Braz

 

Envie seu Comentário