Dia do Povo Paraguaio é comemorado com solenidade na Câmara

14/05/2019 14h46
Foto: Izaias Medeiros Foto: Izaias Medeiros

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande realizaram, nesta segunda-feira (13), Sessão Solene em comemoração ao Dia do Povo Paraguaio. A data foi instituída na Casa de Leis por meio da Resolução n. 1.251/17 e da Lei n. 5.629/15.

"Paraguai e Mato Grosso do Sul têm uma história bem longa, que ainda não terminou. Os paraguaios que vieram para cá buscar um futuro melhor conseguiram uma vida de qualidade. Por isso, são todos gratos. Às vezes, acho que o nome de Campo Grande, deveria ser Coração Grande", discursou Ricardo Caballero Aquino, Cônsul do Paraguai em Campo Grande, que falou em nome dos homenageados.

O Dia do Povo Paraguaio é celebrado oficialmente no dia 14 de maio, relembrando os dias 14 e 15 de maio de 1811, quando o Paraguai declarou sua independência da Espanha. A homenagem visa fortalecer os laços que unem o Paraguai ao Brasil, as tradições e a cultura do país vizinho em prol da integração dos povos latino-americanos.

O presidente da Associação Colônia Paraguaia de Campo Grande, Albino Romero, destacou o trabalho do povo paraguaio para o desenvolvimento da Capital. "Temos médicos, advogados, engenheiros, economistas, trabalhadores da construção civil. Nós, que representamos essa associação, temos que agradecer a Câmara, aos vereadores, e pedir que Deus abençoe cada um de vocês e seus familiares.

"Fazer uma sessão solene para homenagear personalidades no Dia da Independência do povo paraguaio é motivo de muita honra e alegria. Parte do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e de alguns estados brasileiros depende diretamente dessa parceria com nossos irmãos paraguaios. Parcerias que foram construídas ao longo de 200 anos", lembrou o deputado estadual Cabo Almi, que representou a assembleia legislativa na solenidade.

Segundo o vereador Eduardo Romero, "não há diferenças nem distâncias quando falamos de Brasil e Paraguai". "Essa mistura de cidadania faz a diferença. Para nós, esta não é apenas uma sessão solene. É, antes de tudo, reconhecimento a estes homens e mulheres, seus familiares. Não falamos de apenas mais uma colônia que está em Mato Grosso do Sul. É conhecendo nossa história que fazemos dias melhores. O que esta Casa faz hoje é reconhecer a história de cada um", disse.

Confira a lista de homenageados:

Ademir Santana - Felix Zarate Riveros e Alfredo Afonso Marin

Ayrton Araújo do PT - José Almi Pereira Moura e Matheus Alves Mortari

Betinho - Santiago Benitez e Faustino da Silva Martinez

Chiquinho Telles - Ramona Mariza Marques da Silva e Teófilo Ibanhez

Delegado Wellington - Florencia Benites Pizzolato e Hamilton Cantero

Dharleng Campos - Luis Gimenes e Luciano Ramon Cabrera

Dr. Loester - Lídia Ramona Moraes Nunes e Luis Marcelo Torales Gonzales

Dr. Wilson Sami - Ramão Barros Cordeiro e Germano Peralta Barbosa

Eduardo Romero - Arilda Riquelme da Silva Antunes e Tomasa Herrero Bazán Rodrigues

Enfermeira Cida Amaral - Rosa Etelvina Fernandes e Izidora Mareco Godoy

Gilmar da cruz - Jorge Cardoso e João Carlos Medeiros

Junior longo - Boaventura Gonçalves da Costa

Pr. Jeremias Flores - Domingas Avalos e Eduardo Aguinagaldi

Veterinário Francisco - Nicolas Henrique Cardenas e Miguel Arcanjo Bernaldo

William Maksoud - Miguel Ângelo Rojas e Wilson Rojas

Câmara Municipal:

Silvio Ramon Recalde

Hermes Echeverria dos Santos

Hernan Cortez

Otalivio Ferreira Cardoso

Agustina Cabrera Encina Ferreira

Padre Franco Cuero Candelo

Clotilde Bernal de Salles

Ricardo Cavalliero Aquino

Jeozadaque Garcia - Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

 

Envie seu Comentário